Mov. e Svçs

SETOR JUVENTUDE



GRUPO MISSIONÁRIOS DE CRISTO REI

O grupo Missionários de Cristo Rei surge na Paróquia de Cristo Rei, no conjunto Pirangi, no corrente ano como forma de sedimentar as práticas de oração, louvor e adoração à Santíssima Trindade, postas há algum tempoem segundo plano, e especialmente no mundo contemporâneo, por parte da sociedade.
Seu núcleo formador é composto por jovens moradores dos arredores da Matriz ávidos por uma proximidade e intimidade maior para com Cristo Salvador e engajados na propagação do Santo Evangelho. Tais jovens, tendo em vista a calorosa acolhida lhes direcionada por parte da comunidade, sobretudo na figura do orientador espiritual e pastor Padre Alfredo, encontraram na Paróquia um ambiente propício para o estabelecimento de um grupo direcionado a uma vivência espiritual mais profunda e fortalecida.

1.      OBJETIVOS

ü  Prática da oração como via fundamental para interação com a Trindade Santa;
ü  Formação bíblica e teológica;
ü  Aproximação com a Virgem Maria;
ü  Estreitamento de laços mediante a Adoração ao Santíssimo;
ü  Propagação dos ensinamentos do Santo Evangelho e da Bíblia, palavra de Deus, como um todo;
ü  Concretização da máxima “amai ao próximo como a si mesmo” com atitudes direcionadas à sociedade.

2.      METODOLOGIA

Diante do chamado de Cristo Rei aevangelizar, testemunhar e viver seus mandamentos, em especial"amar a Deus sobre todas as coisas" "amai ao próximo como a si mesmo", nossos encontros acontecerão em dinâmicas que envolvem momentos de louvor, partilha, oração, testemunho e adoração, para que juntos possamos viver em Cristo e Cristo em nós. Logo, a cada encontro trabalharemos com um tema, numa abordagem de informação, conscientização, conversão e vivência em oração. O que Deus fala a mim? O que Deus quer de nós enquanto grupo? Que mensagem Deus nos disse hoje?
Além disso, em vista de sermos jovens atuantes na Paróquia e no serviço ao próximo, Jesus nos convida a mergulhar em águas mais profundas, a exercer cotidianamente a caridade. Então, em nossos corações Ele suscitou o desejo em "Ide em Missão". Mas o que significa ser missionário? Ser Missionário de Cristo Rei é ter coragem de Ir, ir em encontro àqueles que necessitam, não apenas de coisas materiais, mas de atos de amor, onde deixamos outros afazeres por fazer pela simples vontade de amar, amar por meio de gestos, atitudes, palavras e por ações concretas.
Nossa missão está em poder ofertar um pouco do nosso tempo para amar o próximo naquilo que ele necessita.

3.      ENCONTROS

O grupo Missionário de Cristo Rei é um grupo aberto, a disposição da Paróquia e da comunidade, estando receptivo ao engajamento de outros jovens ou qualquer pessoa que queira participar de suas atividades de espiritualização e vivência da fé.
Os encontros serão quinzenais, acontecendo aos sábados às 17h no Espaço João Paulo II, na Paróquia de Cristo Rei.








SETOR MOVIMENTOS



====================
Apostolado da Oração
====================

          O Apostolado da Oração constitui uma associação de fiéis que, pelo oferecimento diário de si mesmos unidos ao sacrifício eucarístico e pela união vital com Cristo, colaboram na salvação do mundo. Conseguem esse objetivo por meio do seguinte programa:
• Participação vital no Mistério Eucarístico.
• Culto ou espiritualidade do Coração de Cristo.
• Preocupação de sentir com a Igreja.
• Assídua oração apostólica.
• Amor e devoção a Nossa Senhora.
          Assim como o mês de maio é dedicado a Maria o mês de junho é dedicado ao sagrado Coração de Jesus.
          A devoção ao Sagrado Coração de Jesus iniciou-se ao pé da cruz no momento em que o soldado com uma lança perfurou lhe o lado abrindo seu Coração.
          O Apostolado da Oração teve seu início na França em uma casa de estudos em Vals perto de Le Puy, os estudantes de teologia e filosofia, presos em seus livros e temas escolares indóceis, crescia neles o anseio de realizar algum apostolado direto nas paróquias junto ao povo, inspirado pelo Espírito Santo Pe: Francisco Xavier Gautrelet, jesuíta, no dia 3 de dezembro de 1844 lançou essa luminosa idéia, oferecer seus trabalhos e estudos sacrifícios e suas alegrias, ofereciam tudo, em espírito apostólico, assim nasceu o Apostolado da Oração.


Reuniões:  1ª sexta-feira de cada mês, às 15:00h (sala paroquial)
Coordenadora: Socorro
______________________________________________________________________________



====================
Legião de Maria
====================

          Uma Associação formada por leigos, que tem como fim a glória de Deus, pela santidade de seus membros, através de oração e por um trabalho de apostolado em favor do próximo.
          O sistema legionário hoje espalhado por todo o mundo,tem se mostrado eficaz para ajudar o Católico a praticar sua fé.
          A reunião semanal é o coração de onde jorra para as veias e artérias o sangue vivificante, fonte de luz e de energia. Para o legionário, a reunião é o lugar em que a Mãe Santíssima está à sua espera, e onde amigos verdadeiros e fiéis agrupam-se à sua volta; um lugar para descansar e renovar as forças, após o fiel cumprimento da tarefa que lhe foi confiada.
          Na reunião da Legião, um lugar onde o amor sincero consegue sobreviver às dificuldades, o ambiente de oração e amor a Deus e ao próximo é pleno de apoio e estímulo para combater o desânimo, as incompreensões, a ingratidão, o medo do ridículo, o cansaço, a monotonia e, por vezes, o aparente insucesso. Entre os membros da Legião, a reunião é um lugar em que a opinião alheia é ouvida e respeitada com caridade.
          Na reunião se aprende a rezar, a se basear não nos próprios esforços e atividades, mas na graça divina e no apoio do irmão, que é canal de amor e graça.


_______________________________________________________________________________


====================
Mãe Peregrina
====================

          A Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt é um apostolado animado e coordenado pelo Movimento Apostólico de Schoenstatt a serviço da Igreja.
          Consiste na visita regular da imagem da Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt às famílias, escolas, hospitais e a todos os lugares onde famílias ou pessoas individualmente a recebem.
          A Campanha é levada adiante por voluntários leigos - missionários e coordenadores - organizados por paróquias e dioceses.
          Foi iniciada em 10 de setembro de 1950 pelo Servo de Deus, o Diácono João Luiz Pozzobon, membro do Movimento de Schoenstatt, mas as suas raízes já podem ser encontradas nas palavras do Fundador do Movimento, Pe. José Kentenich, escritas dois anos antes do início da Campanha:
"Levem a imagem da Mãe de Deus e dêem um lugar de honra nos lares, assim eles hão de se tornar pequenos santuários..." (15/04/1948).

Um apostolado mariano, eclesial e popular

          É um apostolado mariano, inspirado na atitude de Maria que foi ao encontro de sua prima Isabel. (cf. Lc 1, 39 0 41). É como se Nossa Senhora quisesse sair do seu Santuário, caminhar pelas estradas do mundo e visitar os seus filhos. Na imagem da Mãe Peregrina de Schoenstatt, Ela vai ao encontro de todos, em especial dos mais necessitados e daqueles que estão mais afastados de Deus e da Igreja; um apostolado eclesial que, com a Igreja e a serviço da Igreja, quer colaborar com a pastoral ordinária das dioceses e paróquias; um apostolado popular, pois procura chegar a todas as pessoas em todas as situações da vida, realizando o mandato do Senhor: "Ide pelo mundo inteiro, proclamai o Evangelho a toda a criatura" (Mc 16, 3). É popular também porque se adapta a diversas realidades pastorais: famílias, escolas, hospitais, prisões, etc.
          A imagem de Maria da Campanha é a Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, venerada nos Santuários de Schoenstatt. As imagens peregrinas são réplicas da imagem ‘peregrina original' com a qual foi iniciada a Campanha. Têm a forma de santuário para exprimir a ligação essencial ao Santuário de Schoenstatt com todas as graças que ali se recebem. São abençoadas em um Santuário de Schoenstatt e dali são enviadas.

Reuniões: Todo primeiro domingo de cada mês

Coordenadora: Alzenir


_______________________________________________________________________________


SETOR SERVIÇOS


 ============================== 
Encontro de Casais com Cristo
==============================

          O Encontro de Casais com Cristo – ECC – é um serviço da Igreja, em favor da evangelização das famílias. Procura construir o Reino de Deus, aqui e agora, a partir da família, da comunidade paroquial, mostrando pistas para que os casais se reencontrem com eles mesmos, com os filhos, com a comunidade e, principalmente, com Cristo. Para isto, busca compreender o que é “ser Igreja hoje” e de seu compromisso com a dignidade da pessoa humana e com a Justiça Social.
          A evangelização do matrimônio e da família é missão de toda a Igreja, em que todos os fiéis devem cooperar segundo as próprias condições e vocação. Deve partir do conceito exato de matrimônio e de família, à Luz da Revelação, segundo o Magistério da Igreja (Orientações pastorais sobre o matrimônio – CNBB Doc. Nº 12) (DN-pág. 13)

COMO NASCEU?


          Nasceu da inquietude de um sacerdote (Pe. Alfonso Pastore) que dedicou sua vida sacerdotal à Pastoral Familiar, à Pastoral da Saúde e à Pastoral Carcerária.
          Teve início em 1970, na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, na Vila Pompéia, em São Paulo-SP. Como disse textualmente o seu fundador: “Começou porque Deus quis, e a presença e atividade do ECC no Brasil são a prova da ação de Deus na humanidade”

O ECC HOJE


          O ECC atualmente é uma realidade no Brasil inteiro, de norte a sul, de leste a oeste, estando presente e atuando em 223 (Arqui)Dioceses. Está estruturado nos 16 Regionais (divisão geográfica da CNBB).
          O ECC contribui de forma efetiva para que as famílias se constituam como “Igrejas Domésticas”, “Formadoras de Pessoas”, “Educadoras na Fé” e “Promotoras do desenvolvimento”, tendo seu lugar insubstituível no anúncio e vivência do Evangelho, pois o “FUTURO DA HUMANIDADE PASSA PELA FAMÍLIA”.

OBJETIVOS PASTORAIS DO ECC


          O Encontro de Casais com Cristo – ECC – é um SERVIÇO da Igreja para evangelizar a família, primeiro núcleo de inculturação e da evangelização, “Igreja Doméstica” e “santuário da vida”, e para despertar os casais para as pastorais paroquiais, devidamente integrados na Pastoral de Conjunto da (Arqui)Diocese.

DESENVOLVIMENTO


          O ECC foi idealizado pelo Pe. Alfonso Pastore para ser desenvolvido em três etapas distintas, indispensáveis, inter-relacionadas entre si, cada uma com características e finalidades próprias. Uma etapa prepara a outra e deve ser observada a partir de um crescimento de seus integrantes e de sua comunidade.

• 1ª ETAPA


           É o momento evangelizador e missionário, é o despertar, é o chamamento aos casais afastados da Igreja. Esta etapa visa, principalmente: despertar os casais para que vivam seu casamento de uma maneira cristã, a partir dos valores humanos e cristãos do casamento, das graças do Sacramento do Matrimônio e da Espiritualidade Conjugal, Familiar e Apostólica; inspirar um maior relacionamento entre os cônjuges e demais membros da família; levar os casais da paróquia a atuar nos seus diversos setores, abrindo-lhes possibilidades de doação e, por meio do Pós-Encontro, dar-lhes motivação para se engajarem; criar a convivência fraterna nas paróquias como o grande apelo, a grande missão do ECC.

• 2ª ETAPA


          Esta etapa pretende levar o casal a refletir sobre o verdadeiro sentido da fé batismal, para que ele viva plenamente a mensagem de Jesus Cristo; visa ainda a dar conhecimento aos casais dos Documentos da Igreja e das Diretrizes da Ação Evangelizadora, mostrando, finalmente, o que é “ser Igreja no mundo de hoje”.

• 3ª ETAPA


          Esta etapa vai propor aos casais uma reflexão profunda, séria e adulta do homem que vive numa sociedade cheia de injustiças, de opressão, de miséria, de egoísmo, de dominação e de marginalização; leva os casais a refletirem sobre a dignidade da pessoa humana, criada à imagem e semelhança de Deus, e seu relacionamento com os outros homens, bem como as injustiças sociais que o impedem de ser “pessoa” e viver como cristão; preparar os filhos para a realidade do dia-a-dia, para o “ser” e não para o “ter”.

ESPÍRITO DO ECC

          O ECC é um serviço-escola. Não é um movimento. Não visa prender a si os casais, nem os casais devem querer ficar presos ao ECC. Apresenta-se como um “SERVIÇO DA IGREJA ÀS FAMÍLIAS DA PARÓQUIA”. É essencialmente paroquial. Esta é a característica fundamental. Pe. Alfonso Pastore chega a dizer que “quem lhe retirar essa característica (paroquialidade) arranca-lhe a alma“. O ECC é feito de casais para casais. É ainda um serviço que procura apresentar aos casais uma visão da Igreja, por meio de seus Documentos e Encíclicas, e de sua Doutrina Social.

Espiritualidade – É a tônica do ECC e se fundamenta em 5 pontos básicos:

a) DOAÇÃO – essência da vida cristã;
b) POBREZA – atitude evangélica fundamental para se colher o Reino de Deus;
c) SIMPLICIDADE – atitude que se traduz num estilo simples, espontâneo e autêntico no relacionamento com os outros.
d) ALEGRIA – nasce da certeza da vitória do bem e é experimentada no encontro, na partilha, na doação, na comunhão com o outro.
e) ORAÇÃO – é uma relação pessoal do homem com Deus em Jesus Cristo.
Juntam-se as estes valores a FRATERNIDADE, a GRATUIDADE e a MISSIONARIEDADE.

“O ECC é um serviço à família, feito por casais para casais.”



_________________________________________________________________________________


====================
Terço da Família
====================



“A vossa força será a oração. Rezai o Terço todos os dias e espalhai-o, para que o mundo se converta e tenha paz” – João Paulo II



Recitação do Santo Terço: todas as Quintas-feiras, às 19:30 horas





_________________________________________________________________________________


SETOR LITÚRGICO




MINISTÉRIOS DE MÚSICA

NOME
ESCALA
COORD



Pastoral da Música
(PM)

Toda quinta-feira (terço)
2º e 4º domingo (manhã)
Local: Matriz

2º e 4º domingo
Local: Capela São José



Josimar e Dione


Ministério de Música Cristo Rei (MMCR)


1º, 3º  e 5º domingo (manhã)
4º  domingo (noite)
Local: Matriz

Edilígia

Pastoral Louvando a Cristo Rei (LCR)


1º e 5º domingo (noite)
Local: Matriz

Eduardo

Missionários de Cristo Rei
(MCR)

2º e 4º sábado
Local: Matriz

3º domingo
Local: Jardim do Éden

Ênnio

Natália


Ministério Amigos do Éden (MAE)


3º sábado
Local: Matriz

1º, 2º, 4º e 5º domingo
 Local: Jardim do Éden



Marco Cabral



Ministério de Música Divina Providência
(DP)


Todos os sábados
Local: Capela São Francisco de Assis

Todos os domingos
Local: Capela São Paulo

1º, 3º e 5º domingo
Local: Capela São José





Roberto, Márcia e Olga


Ministério Água Viva
(MAV)



Todos os sábados
Local: Capela N. Sra de Lourdes


Pamela Lavor

Ministério de Música Caminhando para Santidade
(CPS)


2º domingo (noite)
Local: Matriz

Cristiane


ESCALA
MATRIZ DE CRISTO REI



SÁBADO



MCR

MAE

MCR




DOMINGO
(MANHÃ)


MMCR

PM

MMCR

PM

MMCR


DOMINGO
(NOITE)


LCR

CPS


JDC

MMCR

LCR

ESCALA
CAPELAS

SÃO JOSÉ

DP


PM

DP

PM

DP

SÃO PAULO

DP

DP

DP

DP

DP


SÃO FRANCISCO


DP



DP

DP

DP

DP



NOSSA SRA DE LOURDES


AV

AV

AV

AV

AV


COMUNIDADE JARDIM DO ÉDEN


MAE


MAE

MCR

MAE

MAE

BEATA LINDALVA JUSTO